sábado, 6 de fevereiro de 2010

Se a carapuça serviu

É impressionante como as pessoas são capazes de dizer coisas "da boca pra fora", a fim de se mostrar de uma forma que elas não são para os seus "seguidores" de twitter, de orkut, enfim, dessas ferramentas tecnológicas que nos colocam em contato com pessoas que não nos conhecem de verdade. Só se esquecem que os seus seguidores de verdade são aqueles que sabem e conhecem bem quem eles são e sempre foram. Não preciso ficar escrevendo frases de efeito moral por aí para que os outros leiam e pensem que eu sou alguém com princípios e uma maneira de pensar diferenciada. Não... Pois os meus seguidores, e nesse caso não uso aspas, uma vez que falo de amigos e familiares que sempre estão comigo, esses me conhecem de verdade e sabem como eu penso, como eu ajo, como eu sou eu mesmo. E o melhor de tudo, apesar de me conhecerem e muitas vezes discordarem de mim, estão sempre ao meu lado. Como eu sempre estive ao teu lado, apesar de saber como és. Só que você muito me machucou e continua machucando com seus atos e palavras. Sim, as pessoas têm valores muito diferentes umas das outras e foi isso que me fez tomar a decisão de me afastar de ti, pelo menos até que você venha conversar comigo. Hoje, estarei em falta com muitos amigos que amo, esperando que eles, ao contrário do que tu fizeste, estejam abertas para me ouvir e me entendam. Porque família é sim a coisa mais importante na vida de qualquer pessoa. É sim a base. O alicerce. E é você quem parece não entender isso. Mas certas coisas já não me surpreendem mais.

4 comentários:

Abigail disse...

adorei o que você escreveu...super identificação com o que estou passando.
Vou postar no meu blog...respeitando o autor.
Obrigada
Beijos
Abigail Padilha

Anônimo disse...

o que vc escreveu encaixa muito bem na página de muito gente.

LADY disse...

E a carapuça caiu direitinho.. me identifiquei muito com o que lí.. há uma inversão de valores muito grande ...

Gabrielly Sanchez disse...

\õ essa eu gosteeei *----*